Desmistificando a lenda de uma alma imortal

31 de agosto de 2013

Significado bíblico de Sheol/Hades, Tártarus e Geena


Um problema crônico que os tradutores bíblicos enfrentam é a tradução para a palavra inferno a partir de palavras gregas. Isso porque a palavra inferno não vem nem do hebraico do AT nem do grego do NT, mas vem do latim infernus, de séculos posteriores. Essa palavra não existe originalmente na Bíblia, cabendo aos tradutores “identificarem” o inferno em palavras gregas tendo por base as suas próprias convicções teológicas. Algumas palavras que foram traduzidas por “inferno” são Sheol, Hades, Tártarus e Geena, sem que o sentido real de algumas dessas palavras fosse realmente o infernus que ficou popularmente conhecido como um local de tormento e castigo[1].

O leitor humilde não tem como descobrir, então, o que é e o que não é inferno, por traduzirem todas essas como “inferno” em diferentes ocasiões, conquanto que tenham significados bem distintos entre si. O significado de Sheol ou Hades difere do Tártaro, que por sua vez difere do Geena. É necessário voltamos aos originais se queremos descobrir qual delas é que está no original, em cada citação distinta. Tendo em vista que, como vimos, os ímpios não se encontram atualmente no inferno, então este é um lugar que está para ser inaugurado. Mas de todas as palavras que vimos acima e que são traduzidas por “inferno” em nossas Bíblias, qual delas seria realmente um local de punição futura aos condenados? É isso o que veremos agora.


Sheol/Hades – Sheol (no hebraico) e Hades (transliterado grego) não era um lugar de tormento, mas era puramente sepultura na concepção hebraica bíblica. Abraão foi enterrar o seu filho do Sheol (cf. Gn.37:35). Os ossos vão para o Sheol (e não “espíritos” – ver Salmo 141:7). O Salmo 49:14 nos indica que até as ovelhas descem para o Sheol na morte. O Sheol é um local de escuridão, e não de fogo que remete à luminosidade (cf. Sl.88:10-12; Jó 10:20,21; Lm.3:6). O Sheol é um lugar de silêncio, e não de gritaria do inferno (cf. Sl.94:17; Sl.115:17). Não são “espíritos incorpóreos” que descem ao Sheol na morte, mas sim a própria pessoa com sangue (cf. 1Rs.2:9).

É lugar de descanso e de repouso, e não de dor ou de tormento (cf. Jó 3:11,13,17). No Sheol, não existe atividade e nem conhecimento ou sabedoria nenhuma (cf. Ec.9:10). Os que lá estão não louvam a Deus (cf. Sl.6:5) e nem sequer tem lembrança dEle (cf. Sl.6:5)! No Sheol não se escutam gritos (cf. Jó 3:18). O Sheol é um local de almas mortas (cf. Nm.31:19; 35:15,30; Js.20:3, 9; Gn.37:21; Dt.19:6,11; Jr.40:14,15; Jz.16:30; Nm.23:10), em estado de total silêncio (cf. Sl.115:17; 94:17), e em plena inconsciência (cf. Sl.146:4; Sl.6:5; Ec.9:5,6; Ec.9:10).

Nunca Sheol é identificado como um local de tormento e jamais é mencionado o elemento “fogo” nele, senão em contexto parabólico como metaforização. Por tudo isso, o Sheol nada mais é do que a figura da sepultura. É por isso que Jó iguala o Sheol com o pó da terra: “Descerá ela às portas do Sheol? Desceremos juntos ao ?” (cf. Jó 17:16). O único lar para o qual Jó esperava ir era a sepultura (ver Jó 17:13).


Tártarus – Este lugar é mencionado apenas uma única vez em toda a Bíblia, e não é para seres humanos, mas para anjos caídos. A Bíblia afirma que o diabo não está preso em algum lugar ou sofrendo atualmente, mas está solto, “nos ares” (cf. Jo.1:7; Jo.2:2; Ef.6:12), e por essa razão está “andando em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar” (cf. 1Pe.5:8). Se o diabo estivesse no inferno, se divertindo a custa das outras pessoas que lá estão, isso seria um prêmio para ele. Contudo, a Bíblia afirma que Satanás e seus anjos só serão lançados no lago de fogo após o milênio (cf. Ap.20:10).

A referência ao tártarus se encontra unicamente em 2ª Pedro 2:4, que diz: “Porque se Deus não poupou a anjos quando pecaram, mas lançou-os no inferno [tártarus], e os entregou aos abismos da escuridão, reservando-os para o juízo” (cf. 2Pe.2:4). Sendo que a Bíblia afirma categoricamente que o diabo não está preso, mas solto, então a referência de 2ª Pedro diz respeito a outros anjos caídos, possivelmente os mesmos “filhos de Deus” que pecaram em Gênesis 6:1-4[2]. Embora isso seja razão de debate, o fato é que o tártarus não é um lugar onde almas humanas são lançadas após a morte, mas onde parte dos anjos caídos estão atualmente, em prisão, e não soltos como os demais estão.


Geena – A vista de tudo isso, o que seria então o “inferno” bíblico? O geena. E esse lugar de tormento ainda está para ser inaugurado. Quando Cristo fala do “inferno”, no original é “geena” e se refere não a um inferno existente, mas ao local de castigo que existirá após a ressurreição. Jesus perguntou aos fariseus: “Como vocês escaparão da condenação ao inferno [geena]?” (cf. Mt.23:33). Também disse aos fariseus que eles faziam discípulos para depois os tornarem “duas vezes mais filho do inferno [geena] do que vós” (cf. Mt.23:15), e que “é melhor entrar na vida aleijado do que, tendo os dois pés, ser lançado no inferno [geena]” (cf. Mc.9:45). Qualquer um que disser “louco” ao ser irmão, “corre risco de ir para o fogo do inferno [geena]” (cf. Mt.5:22).

A passagem mais clara de que o verdadeiro inferno à luz da Bíblia (que é o geena) não é um local para espíritos incorpóreos, mas para onde vão os corpos físicos dos ímpios, é Mateus 5:29, onde Cristo diz que, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno [geena]”. Mas o que era esse geena, de que Cristo tanto falava? Geena era o nome dado ao Vale de Hinon, que se localizava ao sul de Jerusalém. Era um verdadeiro “lixão público”, local onde se deixavam os resíduos, bem como toda a sorte de cadáveres de animais e malfeitores, e imundícies de todas as espécies, recolhidas da cidade.

Neste local, era aceso um “fogo que nunca se apagava”, pelo fato de que estava constantemente aceso, tendo em vista que suportava todos os tipos de lixo e carniça que eram ali despejados. Os dejetos que não eram rapidamente consumidos pela ação do fogo eram consumidos pela devastação dos vermes que ali se achavam – um cenário muito típico de um verdadeiro lixão público – que devoravam as entranhas dos cadáveres dos impenitentes que lá eram lançados, em um espetáculo realmente aterrador.

Por isso mesmo, o fogo não podia ser apagado, para a preservação da saúde do povo que viva naquelas redondezas. Este quadro histórico do “Vale de Hinon” ou “Geena” também é o quadro espiritual do fim dos pecadores que, de acordo com a Bíblia, serão ali lançados. Este é exatamente o mesmo quadro também relatado por Isaías, no último capítulo de seu livro:

“E sairão, e verão os cadáveres dos homens que prevaricaram contra mim; porque o seu verme nunca morrerá, nem o seu fogo se apagará; e serão um horror a toda a carne (cf. Isaías 66:24)

Exatamente o mesmo cenário histórico é retratado por Isaías como o cenário do juízo final. Isaías não contemplava “almas” ou “espíritos” vivos entre as chamas, mas sim cadáveres, ou seja, pessoas mortas. Não existe vida eterna no geena. O geena era um local de impurezas, e no Reino de Deus “não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro” (cf. Ap.21:27). Aquilo que era considerado impureza era lançado no geena para ser completamente consumido e devorado pelo fogo e pelos vermes, o mesmo cenário do destino final dos pecadores!

É evidente que tal quadro será completamente transformado por Deus para dar lugar aos “novos céus e nova terra”, prometidos por Deus tanto em Isaías como no Apocalipse (cf. Is.66:22; Ap.21:1). Nesta nova ordem não existe geena e nem algo que seja repugnante, mas “Deus é tudo em todos” (cf. 1Co.15:28), e Ele fará novas todas as coisas (cf. Ap.21:5), não havendo mais “morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou” (cf. Ap.21:4).

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (apologiacrista.com)

Extraído de meu livro: “A Lenda da Imortalidade da Alma”


-Artigos relacionados:


-Não deixe de acessar meus outros sites:

Apologia Cristã (Artigos de apologética cristã sobre doutrina e moral)
Heresias Católicas (Artigos sobre o Catolicismo Romano)
O Cristianismo em Foco (Reflexões cristãs e estudos bíblicos)
Preterismo em Crise (Refutando o Preterismo Parcial e Completo)


[1] De minha parte, creio que seria mais prudente se os tradutores bíblicos mantivessem as palavras originais como estão (Sheol, Hades, Tártaro e Geena) ao invés de traduzirem todas por “inferno”, mesmo quando o significado real da palavra seja bem distante daquilo que entendemos por “inferno”.
[2] Uma abordagem minha mais completa sobre isso você pode conferir em meu site, neste link: <http://www.apologiacrista.com/index.php?pagina=1087202023>. 
Share:

42 comentários:

  1. Estou muito contente com todo o esclarecimento das Sagradas Escrituras que você nos trás, haja visto que o sistema religioso tem manipulado a Escritura e criado a bíblia para aquilo que os convém. Aproveitando este gancho, você já pensou que o nome jesus não é o nome Verdadeiro do nosso Salvador, já que ele era judeu e não grego? O Verdadeiro Nome do Eterno e do Messias estão na Escritura, mas o sistema religioso ocultou os Nomes. Mas, se você ler com atenção, verá que o Criador, já prevendo que os falsos escribas, já desde aquela época, ocultariam o Nome dele e de seu Filho, nos deixou pistas irrefutáveis para conhecermos os Verdadeiro Nomes. No livro de (jeremias 11:19)ali, é mostrado a intenção daqueles falsos escribas em falsificar o nome. Mas, o Eterno nos Revela o seu Nome no Livro de (1 Reis 11:36)que diz o nome da cidade que nós conhecemos como jerusalem na nossa lingua, mas, o próprio povo judeu não abre mão de falar o nome correto na sua língua, repara pra ver. Em outro livro também (Dan 9:18)e (Dan 9:19)aqui é revelado que o próprio povo é chamado pelo nome Dele.

    Você pode ver vídeos assim que estão no youtube.

    Recomendo para que busque pelo vídeo: Prepare-se A Sombra DVD 1 e 2 e o Prepare-se O Nome (volume 1 e 2)Obrigado por Repartir o Pão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então o nome de Jesus é Jeremias?

      Excluir
    2. De onde você tirou essa ideia Anônimo? Faça o seguinte Anônimo, se quer realmente saber, visite meu perfil no facebook, e lá encontrará muitos vídeos esclarecedores sobre o assunto. Nome do face: O Hol-Mehushkhay Liberta

      Excluir
  2. Shalom irmão! Mto bom o estudo! Não sei se você já conhece, mas tem uma Bíblia que mandei estes termos como no original, e também os nomes das pessoas, cidades etc, sem transliteracoes. É a Bíblia judaica completa, tradução do judeu messiânico David Stern.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi onde encontro essa bíblia?

      Excluir
  3. A PAZ DO SENHOR JESUS !
    ACHEI MT INTERESSANTE ESTE ESTUDO ATRAVÉS DELE CONSEGUI RESPONDER ALGUMAS DAS MINHAS DÚVIDAS, E TER BASE PRA FALAR SOBRE ESTA QUESTÃO PARA OUTRAS PESSOAS ...MT BOM! QUE DEUS ABENÇOE MAIS ESSE SEU TRABALHO! ABRAÇOS ,ESTHER.

    ResponderExcluir
  4. existem divergências quanto aos termos empregados , devido à tradução para o grego, onde foi emprestada o significado mitológico da cultura grega.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Gostaria de saber responder o Texto de Mateus 10:28... pois estava conversando com um moço e ele disse que no inferno os impios serão destruidos tanto a alma e o corpo e não terão tormento eterno! Como faço? Me ajudem irmãos!!!

    ResponderExcluir
  6. Não há tormento eterno. O que há é morte (destruição) eterna. Sobre Mateus 10:28, veja este artigo:

    http://desvendandoalenda.blogspot.com.br/2012/12/podem-matar-o-corpo-mas-nao-alma.html

    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. para quem tem duvidas de o que é realmente inferno:
    http://www.jw.org/pt/ensinos-biblicos/perguntas/que-e-inferno/

    ResponderExcluir
  8. Na mitologia grega Hades é o irmão mais velho de Zeus e Poseidon e tambem a morada de todos os mortos onde o proprio Hades reina. No hades fica o tartaro lugar pra onde vão os que desafiam os deuses. A morte e o hades serão lançados no geena., ou lago de fogo. O apocalipse foi escrito em grego e a alusão usando a propria mitologia grega ajudou aos cristãos sa epoca familiarizados com os termos a compreender que o que os aguardariam era a vida eterna pois hades já não faria mal algum estando no geena.

    ResponderExcluir
  9. A Bíblia de estudo de Dake diverge em alguns pontos acerca do que você escreveu, principalmente entre a relação de sheol x sepultura e sobre a "imortalidade" do corpo (quando você cita o profeta Isaías no penúltimo parágrafo), haja vista que o corpo, ao conrario da alma e do espírito, não é eterna. Mas enfim, gostei do estudo. A paz.

    ResponderExcluir
  10. Resposta para julian Augusto Rodriguez o nome verdadeiro do filho de (DEUS YHWH EU SOU O QUE SOU em hebraico ) está em Ieshaihu(isaias) 7:14 lê em. Devarim (deuteuronomi) 12:32 depois em Mateus 1:23 e pra terminar Apocalipse 22:18

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João 17:3 é n existe prova maior e Jesus testificando o pai como único Deus verdadeiro e quem o pai enviou.

      Excluir
  11. Meu Amigo,Bom Dia um dos erros do seu comentário é que Abraão nunca sepultou seu filho,e sim Jacó(Israel)a que o texto que você Colocou se Refere. um abraço.

    ResponderExcluir
  12. E essa passagem abaixo, ela está mal escrita na bíblia ou a que se referem a fornalha, o pranto e o ranger de dentes?
    No aguardo do esclarecimento.

    Mateus 13
    …41- O Filho do homem mandará os seus anjos, e eles ceifarão do seu Reino tudo o que causa tropeço e todos os que praticam o mal.
    42- Eles os lançarão na fornalha ardente e ali haverá pranto e ranger de dentes.
    43- Então os justos reluzirão como o sol no Reino de seu Pai. Aquele que tem ouvidos para ouvir, que ouça! O tesouro escondido

    ResponderExcluir
  13. muito bm já falou Jesus- apoc-16:13 Então, vi sair da boca do dragão,da boca da besta e do falso profeta três espíritos imundos semelhantes a rãs. "falsos profetas" (é o espiritismo que esta se alastrando dentro do meio cristão),rãs eventos finais,cap.Enganos Satânicos nos Últimos Dias- em titulado- O Falso Falar em Línguas- O fanatismo,a falsa excitação,o falso falar em línguas e os cultos ruidosos,tem sido considerados dons postos na igreja por Deus. Alguns tem sido iludidos a esse respeito.Os frutos de tudo isto não tem sido bons. "Pelos seus frutos os conhecereis." O fanatismo e o ruído têm sido considerado indícios especiais de fé. Algumas pessoas não se satisfazem com uma reunião,a menos que experimentem momentos de poder e de gozo.Esforçam-se por isto,e chegam a uma excitação dos sentimentos,essas pessoas imergem mas fundo que antes da reunião,pois sua satisfação não proveio da devida fonte.Oremos por elas são amadas pelo céu.

    ResponderExcluir
  14. Isper, o choro e o ranger de dentes existem. Eles só não são ETERNOS.

    ResponderExcluir
  15. Tenho uma pergunta... A versão King James traduz o inferno em Lucas 16:23 como "Hades". Bem, pelo contexto da parábola acredito que a tradução deveria ser "Geena", visto que tipifica o tormento dos ímpios no lago de fogo após o milênio. Gostaria que pudesse confirmar se essa tradução está correta ou não.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  16. O original traz Hades mesmo, mas não creio que a parábola tipifique algo futuro, ela é toda uma estória alegórica com uma finalidade espiritual por detrás. Sobre isso eu escrevi aqui:

    http://desvendandoalenda.blogspot.com.br/2013/07/estudo-completo-e-aprofundado-sobre.html

    Abs.

    ResponderExcluir
  17. Deus te abençoe pelo estudo! Obrigado!

    ResponderExcluir
  18. Linda explicação. Mas quero fazer uma pequena correção não muito relevante. Na explicação do Primeiro ponto isto é: Sheol/ Hades Gênesis 37:35 não fala de Abraão mas de Jacó que sentiu muito dor quando soube da possível morte do seu filho para nós que sabemos que os irmãos o venderam, mas para ele que não sabia era mesmo morte. Obrigado

    ResponderExcluir
  19. Felicidades hno en Cristo,excelente trabajo de investigacion biblica,como usted desglosa,esos diferentes nombres donde vive y vivira eternamente el salvo y el condenado.Bendecido,siga escribiendo muchos post,que ayudan a esclarecer diversas terminologias que para muchos pastores y el resto del cuerpo de Cristo,no son entendible,ni pueden entender,por que laa ven muy compleja,como lo tratado es esta pagina,o entrada.Amen

    ResponderExcluir
  20. Vdd quem pode resistir a um lago de fogo,n existe tormento"serão eliminados" deixará d existir..

    ResponderExcluir
  21. Sou grato a Deus por ter me proporcionado o entendimento aqui adquerido. Louvado seja o teu nome Senhor Jesus.

    ResponderExcluir
  22. A paz do Senhor Jesus Cristo!
    Parabenizo pelo blog e pela generosidade de estar passando seus conhecimentos. Tenho uma dúvida, Apocalipse 20:13, "e o a morte e o inferno deram os seua mortos...", quem são as pessoas que estão neste INFERNO? E que INFERNO é este?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O termo aí no grego é "Hades", não "inferno". Hades é a sepultura comum da humanidade. Significa apenas que os corpos na sepultura que já morreram serão ressuscitados para o julgamento final.

      Excluir
  23. Achei muito boa e interessantes essas explicações. Parabéns a cada dia eu aprendo mais

    ResponderExcluir
  24. Lucas,você fez algum curso de exegese?

    Abraços.
    Cláudio.

    ResponderExcluir
  25. Boa noite,
    Gostei muito do seu texto, mas tenho uma pergunta sincera.
    Como você explica o seguinte texto?
    "Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente.
    Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele;
    E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.
    E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.
    E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.
    E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.
    Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado.
    E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá."
    Lucas 16:19-26

    Abs e Deus abençoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja aqui:

      http://desvendandoalenda.blogspot.com.br/2013/07/estudo-completo-e-aprofundado-sobre.html

      Abs!

      Excluir
  26. ótima explicação! alguns erros pontuais, mas nada que desemereça por completo o texto...belo trabalho, que Deus continue te abençoando, graça paz!

    ResponderExcluir
  27. Gostei muito da sua publicação achei bem embasado com a palavra verdadeira.

    ResponderExcluir
  28. Em resposta ao Edilane Eler. Peço desculpas em tardar em te responder, não o fiz antes, pois não havia este espaço de resposta direta para a pessoa que pergunta, e aproveito para agradecer ao Irmão Lucas Banzoli por este espaço. Muito obrigado Irmão Lucas. Mas, parece que este espaço de resposta não está funcionando bem, acredito que mais pra frente estará. Então deixo aqui a minha resposta ao Edilane Eler.

    Você citou a citação do Eterno que diz: “EU SOU O QUE SOU” em português traduzido do hebraico que é assim transliterado: “AHA IAU OSHER AHA IAU” Você percebeu o “YAO” (IAU) nesta citação? Pois é, o IAU é o Verbo “SER” no hebraico arcaico. Pois como está escrito: “... E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua Majestade, como a Majestade do unigênito do Pai, cheio de Benevolência e de Verdade.”...
    Você lembra o que está escrito o que o Messias disse a Samaritana no poço? De forma clara, sem a blasfêmia das falsas traduções e transliterações da bíblia, disse assim: YAO é Rukha (Espírito), e importa que os que o adoram o adorem em Espírito (Entendimento) e em Verdade (Prática).
    A mulher disse-lhe: Eu sei que o Messias (que se chama o YAOHUSHUA (SER ESPIRITUAL que LIBERTA)) vem; quando ele vier, nos anunciará tudo.
    YAOHUSHUA disse-lhe: Eu o Sou, Eu que falo contigo. ”... Se não entendeu ainda, tem mais o que eu poderia dizer, mas não cabe espaço por aqui, mas se quiser, pode me encontrar com este nome do facebook e reconhecer-me pela minha foto: O Hol-Mehushkhay Liberta
    Muito obrigado pela atenção!



    ResponderExcluir
  29. Eu nao acredito no inferno , nao tem sentido , hoje por exemplo quantos bebes nasceram , se nao se tornarem cristao vao por inferno : se sim porque nasceram

    ResponderExcluir

A sua mensagem passará por moderação e em seguida será exibida ao público.

Curta no Facebook

Receba os novos posts por e-mail

Arquivo do blog

Comentários Recentes

Labels

Blog Archive